Como montar uma joalheria

As joias são um dos artigos mais antigos do mundo. E, hoje, continuam sendo bastante requisitados, principalmente pelas mulheres, que desejam esbanjar glamour, melhorar o visual ou, apenas, mostrar status.

Como montar uma joalheria

Como o público deste tipo de empreendimento sempre foram as pessoas de maior poder aquisitivo, esse comércio não foi atingido pela crise, o que o torna ainda mais tentador para quem deseja investir nesta ideia de negócio.

Mas, é preciso cuidado! Abrir uma joalheria não é fácil e vai precisar de muita dedicação e investimento monetário por parte do empreendedor. Além disso, não estamos falando da venda de bijuterias e, sim, de joias fabricadas com materiais nobres e de alto custo, o que requer mais atenção a quesitos como segurança e autenticidade nas vendas.

Para te ajudar a entrar neste mercado de luxo que só tende a crescer no Brasil, abaixo vamos te dar algumas dicas importantes sobre como montar uma joalheria e os primeiros passos que você precisa dar para o seu negócio ser um sucesso. Veja só!

Como é o mercado de uma joalheria no Brasil?

As joias são um dos itens de beleza pessoal da mulher que mais são vendidos no mundo todo, principalmente por ser sinônimo de status. Mas, não é só aí que as vendas acontecem.

Muitos homens, por exemplo, compram as alianças para pedir suas namoradas em casamento em joalherias, ou seja, este é um mercado que está sempre em crescimento, pois todos os dias temos pedidos de casamentos.

O mercado de uma joalheria no Brasil ainda é muito mais amplo. Ele também é procurado para o setor de presentes, em épocas do ano como o dia dos namorados, dia da mulher e finais de ano, quando acontecem as formaturas (muitos pais gostam de presentear seus filhos com joias neste momento).

Para entrar neste mercado, é muito importante que o empreendedor saiba o que está fazendo. Estudar este mercado, obter conhecimento sobre os metais nobres, os preços praticados no mercado e o valor do quilate de pedras preciosas, é o mínimo que ele precisa saber para se dar bem neste negócio.

Qual a concorrência de uma joalheria?

Felizmente, não existem tantas joalherias espalhadas pelos Brasil, isso porquê o valor do investimento inicial para abrir este negócio é extremamente alto, por conta da mercadoria vendida.

Não se esqueça: não confunda joias com bijuterias ou semi joias! As joias são de alto valor, fabricadas com materiais nobres e pedras preciosas, que podem chegar a preços milionários em uma única peça.

Por isso, problemas com concorrência, dificilmente, você terá. Apenas atente-se ao detalhe sobre o porquê de não ter nenhuma joalheria na sua cidade. Às vezes, é pelo fato dela não possuir público-alvo.

Leia também: Como  Abrir Uma Casa de Salgados 

Quem é o público-alvo de uma joalheria?

E quem é esse aclamado público de uma joalheria? Os seus compradores em potenciais podem ser muitos, pois este mercado é extremamente amplo. Pessoas de qualquer idade ou qualquer sexo, podem se tornar clientes deste tipo de comércio.

Mas, não podemos deixar de destacar que, a maioria dos consumidores das joalherias são as pessoas de alto poder aquisitivo, ou seja, de classe média alta até a classe alta, pois estamos se tratando de artigos de luxo, realmente caros, onde um simples anel de ouro com brilhantes, pode chegar à R$6 mil reais facilmente.

Existe um melhor local para abrir uma joalheria?

Se você tem dúvidas sobre como montar uma joalheria, então tome cuidado com um dos pontos mais importantes sobre a abertura deste empreendimento: a localização!

Não adianta você investir em uma excelente estrutura, gastar uma fortuna em estratégias de marketing e vender as maiores tendências, se você não parar para avaliar o local que pretende abrir a sua joalheria.

Além de possuir o básico – limpeza, iluminação, estacionamento e segurança -, é essencial investir em um ponto comercial com boa localização, próximo ao seu público-alvo. Centros e galerias de luxo ou os shoppings, são os principais e melhores lugares que você pode escolher para abrir o seu negócio.

Evite os bairros residenciais, até mesmo os de alta renda, pois você precisa expandir a sua área de atuação e, nada melhor para isso, do que sendo visto por muitos possíveis clientes.

Quem quer entrar neste tipo de mercado, sabe que terá que desembolsar um valor alto para o investimento. Por isso, não adianta economizar no aluguel ou na compra de um imóvel, pois ele é quem fará a total diferença no crescimento da sua empresa.

Como deve ser a estrutura de uma joalheria?

Primeiramente: sofisticada. Quem compra joias, gosta do luxo e possui preferência por lojas com uma estrutura elegante, espaçosa e climatizada. Se o seu possível cliente não encontrar isto na sua joalheria, provavelmente ele procurará outra.

Vitrines, mostruários, espelhos e uma ótima iluminação devem fazer parte da estrutura da sua loja. Não se esqueça que as joias precisam ser preservadas em balcões de vidro, trancadas.

Mas, além da estrutura física, você também precisa investir na segurança. Alarmes sonoros, câmeras de segurança e, até mesmo, segurança dentro da sua loja, são indispensáveis. Pois, só assim, você evita furtos que podem acontecer na sua loja durante o funcionamento da mesma.

Qual a quantidade de funcionários necessária?

Não precisam de muitos. Na verdade, além de você, que administrará a joalheria, você precisará, em média, de mais duas vendedoras para a sua loja. Esse número de funcionários pode aumentar ou diminuir de acordo com o porte do seu estabelecimento e do número de clientes que você atende por dia.

Como montar uma joalheria

E o plano de negócios? É preciso fazer um?

Para garantir o sucesso da sua joalheria, recomendamos que você comece a pensar no planejamento do seu empreendimento. Muitas vezes, temos uma ideia subjetiva em nossa cabeça que, quando passada para o papel, nos mostra outra realidade que pode não ser tão agradável.

Calcular os custos com a abertura, que neste caso, não é baixo, é muito importante. Pensar no marketing, no público e na concorrência é primordial para nenhum detalhe passar batido. Estude o mercado, converse com outros empreendedores que estão neste nicho e análise se está é a melhor opção de negócio para você.

Todas essas questões que abordamos precisam estar inclusas no plano de negócios da sua ideia e, caso você não saiba como elaborar este planejamento, recomendamos que você leia o post que ensinamos como fazer um plano de negócios perfeito.

Gostou deste artigo? Restou alguma dúvida sobre como montar uma joalheria? Então deixe o seu comentário no campo abaixo e aproveite para seguir o Gera Negócios no Facebook!

Leave a Reply