Como fazer um plano de negócios perfeito

Abrir uma empresa é como viajar, você tem uma ideia brilhante (se ainda não teve, veja nossa lista de ideias) e deseja muito concretizar ela. Mas, apenas o conceito não basta. Para você poder viajar, por exemplo, você precisará fazer a escolha do destino, reservar hotel, comprar passagens, traçar uma rota de lugares para visitar, ou seja, você fará um planejamento. Agora pense comigo, se para fazer uma simples viagem você precisa pensar em tantas coisas, situações e já estar preparado para futuros imprevistos, imagine as responsabilidades com um empreendimento? É por isso que planejar, colocar no papel, e analisar todo o seu plano de crescimento é extremamente importante. E é a partir dessa ideia que surgiu o famoso plano de negócios.

Sem dúvidas, o sonho de ter um negócio próprio é muito comum para diversas pessoas, porém, muitas delas não colocam a ideia em prática e muito menos vão atrás de analisar a oportunidade no mercado. Quando uma pesquisa de mercado é feita, assim como os consumidores em potencial para adquirir determinado produto, as suas chances de ter certeza de que o seu empreendimento será de sucesso aumentam, pois você já terá um breve conhecimento do que terá que esperar. A maioria dos novos empreendedores, por exemplo, não se preocupam em desenvolver um plano de negócios e, assim que surge a ideia já vão colocando em prática, sem nem ao menos saber as expectativas do seu negócio. Dá para ter uma noção dos resultados desses empresários, certo? Sim, logo, logo à falência ou então ficam conhecidos como aqueles donos de empresa que não tem perspectiva de crescimento.

plano de negocios

Veja também algumas ideias de negócios para começar ainda hoje.

Um plano de negócios, ou melhor, um planejamento do seu empreendimento bem feito, poderá te poupar de muitas “cabeçadas no início”, assim como uma possível quebra da empresa, já que o plano propriamente dito nada mais é do que um retrato do mercado, do produto oferecido e do próprio empreendedor. E para te ajudar no desenvolvimento desse material tão indispensável, logo abaixo vou te deixar um exemplo do que deve conter em um plano de negócios, assim como algumas explicações.

Como desenvolver um plano de negócios

Como já foi dito anteriormente, um plano de negócios completo e que irá te auxiliar a analisar se a sua ideia realmente é promissora, é aquele plano que avalia o mercado, os produtos que possivelmente serão oferecidos, o empreendedor propriamente dito, e a empresa. Na hora de produzi-lo, tenha certeza de que incluiu os seguintes tópicos abaixo:

  1. Descrição do seu negócio

Quando alguém pensa em se tornar um empreendedor, ele primeiramente precisa de uma ideia que garanta retornos financeiros e que seja viável. E é isso que você precisa começar colocando no seu plano de negócios. Acrescente todos os detalhes da sua empresa, a equipe, a expectativa de crescimento, o que ela irá atender. Apresente um problema do seu público, e em seguida, apresente a solução que você tem a eles. Nessa descrição, é muito importante que você não oculte nada, seja o mais detalhado possível.

  1. Produtos e serviços oferecidos

Toda empresa, independentemente do nicho, tem uma solução para determinado público-alvo. Pode ser um produto, um serviço, seja lá o que for, você irá atender a uma demanda. Por isso, selecionar e fazer uma descrição dos produtos que você oferecerá é indispensável, e isso, ainda te faz refletir se é isso mesmo o ideal, se falta alguma coisa, etc. Pense novamente no exemplo da viagem, se você vai para um destino de temperaturas amenas, que roupas você deve levar? De frio, é claro. O destino seria o seu público, e as roupas seria o seu produto ou serviço, portanto, escolha de acordo.

  1. Análise de consumidores, clientes

Como já disse acima, o exemplo da viagem e público, aqui é a mesma situação. Analisar os seus possíveis consumidores, o que eles desejam, o que eles gostam, qual a idade, ou seja, se eles são o bastante para o crescimento e a rentabilidade da sua empresa. É importante avaliar também se o produto que você irá oferecer também pode ser comprado pela mesma pessoa outras vezes, assim você estará conquistando clientes a longo prazo, e não apenas compradores.

  1. Localização do seu negócio

Por que é importante colocar a localização da sua empresa no seu plano de negócios? A resposta do empreendedor para essa pergunta só pode ser uma: porque a localização é uma das peças principais quando o assunto é o sucesso do seu negócio. Um ponto mal localizado, sem coleta de lixo adequada, sem estacionamento (dependendo do serviço, alguns são necessários e outros não) e difícil de encontrar, apenas irá afastar os seus possíveis clientes. Portanto, investir tempo para encontrar o melhor lugar é extremamente fundamental.

  1. Capital de investimento inicial

Principalmente se você é um empreendedor que está começando do zero, fazer um planejamento do investimento inicial, não é só importante, como é indispensável. A maioria dos empreendedores que estão entrando agora no mercado, não conseguem se estabelecer na maioria das vezes por uma falta de planejamento do capital. Assim sendo, não hesite em colocar tudo na ponta do lápis e dentro do seu plano de negócios.

  1. Estimativa de faturamento mensal

Uma empresa nova no mercado, dificilmente conseguirá lucros relativamente altos inicialmente, já que o sucesso do seu empreendimento irá acontecer de maneira gradual. Porém, mesmo assim, fazer uma estimativa real do seu faturamento mensal, nem que ele seja apenas para cobrir os possíveis gastos, é importantíssimo. Estabelecer metas, objetivos e ser determinado é pré-requisito para um empresário que deseja fazer sua empresa crescer. Então, não deixe de colocar no seu plano de negócios uma estimativa de faturamento mensal.

  1. Lucro do negócio

Após algum tempo no mercado, mesmo que seja necessários meses e até mesmo anos, é muito importante que você também faça uma estimativa dos lucros do seu negócio de maneira geral. Não adianta uma empresa estar em funcionamento, vender, mas os lucros apenas cobrirem os gastos da mesma. Então, analise bem esse tópico antes de abrir a sua empresa.

  1. Prazo para o retorno do capital

Seguindo o mesmo foco que o tópico 7, a única diferença é que aqui você terá que fazer uma estimativa de prazo para ter o retorno do seu capital de investimento inicial na sua empresa. Em um plano de negócios, esse tópico é importante, pois te ajudará a avaliar e ter expectativas em cima do seu negócio.

Agora que o seu plano de negócios está 100% concluído, você poderá analisar o que precisará para dar início ao próprio negócio, assim como saber se a oportunidade é viável e dará certo. Vale lembrar que nenhuma empresa tem chances garantidas de que será de sucesso. O que vale nessas horas é nunca desistir, e sim, saber quando é a hora para mudar o foco, mesmo que você tenha que desapegar de ideias que você tanto desejava.

Boa sorte, ou melhor, bom trabalho!

One Response

Leave a Reply