Como abrir uma escola de idiomas

Com o aumento da disputa no mercado de trabalho e por conta da crescente globalização, saber mais de dois idiomas é extremamente importante caso a pessoa queira conquistar uma boa vaga de emprego e crescer lá dentro. E hoje, cada vez mais pessoas, principalmente os jovens, justamente por este motivo, estão buscando por cursos de formação em outros idiomas, principalmente o inglês, para ter um diferencial em seu currículo e destacar-se perante outros concorrentes. Assim, tendo em mente está grande procura, abrir uma escola de idiomas pode ser uma excelente ideia de negócios para quem está procurando um nicho lucrativo para investir.

Como abrir uma escola de idiomas

Embora exista uma concorrência acirrada neste mercado, ainda assim o empreendedor tem grandes chances de obter sucesso ao investir em uma escola de idiomas, desde que ele elabore um planejamento minucioso da sua ideia de empreendimento e atente-se a alguns detalhes fundamentais na hora de abrir um próprio negócio. Para te ajudar, o Gera Negócios fez uma matéria especial para dar dicas de como abrir uma escola de idiomas. Veja logo a seguir!

Criatividade e qualidade precisam caminhar juntas dentro da sua escola de idiomas

Se você quer abrir uma escola de idiomas de sucesso, ou seja, que realmente ensine seus alunos a falarem a língua e que tenham as habilidades necessárias para entrar no mercado de trabalho com diferenciais, então você, primeiramente, terá que investir na qualidade e, para isso, também será essencial desfrutar da sua criatividade.

Como você já deve saber, hoje já existem centenas de escolas de idiomas famosas e que formam milhares de alunos anualmente em diversas línguas. Porém, o que você precisa ter em mente é que, não é necessário competir lado a lado com essas empresas, e sim, investir no ensino adequado e que garanta a satisfação dos seus alunos, fazendo com que a sua escola seja cada vez mais conhecida gradualmente.

Para isso, o primeiro passo que você deve tomar é ter conhecimento das línguas que serão ensinadas na sua escola de idiomas, pois só assim você conseguirá monitorar as aulas dos professores que contratará. Caso você não conheça todas, o ideal é contratar um profissional da área de educação para fazer o monitoramento do método de ensino.

Contratar bons professores, principalmente aqueles que já possuem experiência em ensino ou que tenha métodos alternativos para ensinar é muito importante, pois são estes que possuem mais desenvoltura para lidar com seus alunos e, desta forma, passar com mais clareza os conteúdos.

Além de tudo isso, também é fundamental que você invista na qualidade estrutural da sua escola de idiomas. Ambientes agradáveis, salas com ar condicionado e outros quesitos como estes são indispensáveis.

Usando ainda a criatividade, oferecer excursões com a escola também pode ser outro diferencial que chamará cada vez mais alunos para a sua escola.

Pesquisa de mercado para abrir uma escola de idiomas

Se você está aqui é porque tem dúvidas de como abrir uma escola de idiomas. Então, pegue um bloquinho e caneta que agora vem um dos pontos principais que merecem o dobro da atenção na hora de abrir um empreendimento: a pesquisa de mercado!

A pesquisa de mercado é extremamente importante para o futuro da sua empresa, pois é ela que te ajudará a entender os requisitos que os alunos de uma escola de idiomas buscam encontrar no ensino, ou seja, quais são as suas necessidades básicas de aprendizado, qual o tempo mínimo que desejam sair fluentes da escola e entre outros detalhes.

Uma dica para fazer esta pesquisa de mercado sem gastar muito é ir atrás de outras escolas de idiomas (fora do alcance de concorrência, pode ser em outra cidade, por exemplo) e descobrir como é o funcionamento da instituição, os serviços oferecidos, preços praticados, métodos de ensinos aplicados pelos professores e outros detalhes que você considere importante ao abrir um empreendimento deste porte.

Analisar o perfil dos seus potenciais clientes (futuros alunos) também é importante para garantir uma boa estratégia de marketing e oferecer os melhores serviços para eles. Um exemplo é relacionado à idade. A grande parte dos seus alunos terá entre a faixa de 7 a 20 anos, por isso, é fundamental que você invista em aulas dinâmicas, métodos de ensino mais descontraídos, etc. Uns exemplos de cursos de idiomas para essas idades são aqueles que usam a música como método de ensino.

Localização ideal para abrir uma escola de idiomas

Para abrir uma escola de idiomas é claro que você precisará de um local apropriado para instalar a sua instituição, correto? Porém, não pense que pode ser qualquer lugar. Antes de escolher a localização para abrir a sua escola de idiomas, tenha certeza de que este será o melhor local para instalá-la, se será de fácil acesso para os alunos, se terá boa visibilidade, etc.

Além disso, sempre opte por locais que possuem grande fluxo de pessoas o dia todo, como próximo a centros comerciais e ruas movimentadas. Abrir a sua escola de idiomas em locais com estacionamentos (se possível, tenha um para seus clientes) e com acesso fácil a transportes públicos também é essencial.

Leia também: 7 Indícios de que você é um Empreendedor de Sucesso 

Estrutura de uma escola de idiomas

Além da localização, outro detalhe que também merece atenção ao abrir uma escola de idiomas é em relação à estrutura da mesma. Comece pensando na mão-de-obra necessária para dar vida à sua ideia de negócio, bem como o suporte físico preciso. Vamos supor que você vá construir a sua escola de idiomas. Neste caso, é importante contratar uma equipe excelente para dar início à construção e que, principalmente, cumpra os prazos estabelecidos para a entrega da obra compra. Se for ao contrário, ou seja, se você for alugar o estabelecimento, planeje se haverá a necessidade de fazer reparos no local.

O suporte físico necessário também já precisa ser encaminhado, principalmente os materiais didáticos, tecnologias que serão usadas nas salas de aula e escola (notebooks, computadores, impressoras, telefones, telões, etc.) e os outros detalhes como mesas, cadeiras, estantes, armários, entre outros.

Como abrir uma escola de idiomas

Divulgação da sua escola de idiomas

Se perguntar como abrir uma escola de idiomas, colocar todas as nossas dicas em prática e esquecer-se da divulgação da sua instituição não adiantará nada! As campanhas publicitárias são extremamente importantes para tornar o seu empreendimento conhecido até mesmo antes da inauguração do espaço.

Por isso, assim que tiver o nome da sua escola de idiomas definido e outros detalhes básicos como localização, já comece a fazer o marketing do seu negócio, investindo em anúncios em rádios, jornal da cidade, panfletos e, principalmente, nas redes sociais.

Já que citamos as redes sociais, o Facebook, principalmente, pode ser uma excelente ferramenta de divulgação do seu negócio caso você use ainda a opção de realizar anúncios patrocinados. Com eles, você consegue segmentar as suas propagandas diretamente para o público que deseja atingir, levando em consideração o perfil do mesmo, como idade, sexo, interesses, etc.

Desenvolvimento de um plano de negócios

Agora que você já sabe como abrir uma escola de idiomas, chegou a hora da etapa mais importante: elaborar o planejamento. Fazer um plano de negócios é extremamente importante para que você consiga visualizar melhor a viabilidade do seu empreendimento, assim como evitar futuros imprevistos. Algumas ferramentas como o Canvas, por exemplo, te ajudam a desenvolver um método de negócios de maneira bastante eficiente. Vale a pena testar!

Gostou da nossa matéria e das dicas de como abrir uma escola de idiomas? Então deixe o seu comentário abaixo e não se esqueça de seguir o Gera Negócios nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades que postamos aqui no blog!

Leave a Reply