Como dar aulas particulares

As crianças, adolescentes e até os mais jovens, estudantes de ensino fundamental ou médio, ainda possuem diversas dificuldades no aprendizado de diversas matérias, como matemática, português, física e entre diversas outras. Quando isso acontece, a grande parte dos pais pensam na primeira solução que pode gerar resultados mais positivos: o serviço de aulas particulares!

Os professores que oferecem aulas particulares, sejam em suas casas ou indo até a casa dos clientes, são os profissionais responsáveis e contratados para ajudar as crianças e jovens a obterem mais conhecimento em determinada matéria, nas aulas extracurriculares ou, até mesmo, em línguas estrangeiras, principalmente o inglês, que é o mais buscado e que está quase se tornando um idioma obrigatório no currículo das pessoas.

Como dar aulas particulares

Quem possui um pensamento empreendedor e começa a usar a sua formação para gerar lucros a si, é uma incrível ideia, principalmente quando o mercado é amplo e o que não falta são clientes. As aulas particulares são extremamente procuradas e podem gerar muitos lucros para quem as administra, basta que alguns cuidados e outros detalhes sejam providenciados, os quais abordaremos mais abaixo.

Vale ressaltar que trabalhar como freelancer, ou seja, sem vínculos empregatícios ou burocráticos, é uma excelente maneira de ganhar dinheiro dando aulas particulares. Porém, caso você opte por abrir uma empresa, ou seja, formalizar o seu negócio, as chances de sucesso é ainda maior, principalmente pela estrutura que será investida e, é claro, organização preparada para a recepção dos alunos.

Por que e como fazer a formalização para dar aulas particulares?

A partir do momento que você formaliza o seu negócio, ou seja, abre uma empresa e possui o CNPJ da mesma, ele se torna muito mais sério e as pessoas valorizam isto, mesmo sendo neste caso aulas particulares. Além disso, abrindo uma empresa, você também pode investir na contratação de uma equipe para começar um próprio negócio, já que eles te ajudarão a lecionar para os alunos.

Vamos supor que você possua formação em uma língua estrangeira e, por isso, deseje dar aulas particulares deste idioma, vamos usar o inglês como exemplo. Diversas empresas que hoje fazem sucesso, começaram assim, dando aulas particulares, contratando uma pequena equipe de professores, até que as oportunidades de ampliação fossem aparecendo. Quem sabe você não possa até abrir uma escola de idiomas mais para a frente, conforme os lucros forem surgindo? Não há nada mau em sonhar e planejar!

Você pode formalizar o seu negócio se cadastrando no MEI (Microempreendedor Individual), que pode ter um faturamento anual de até R$60 mil reais.

Qual o investimento inicial necessário para dar aulas particulares?

Geralmente, as pessoas que começam a dar aulas particulares não investem quase nada para lecionar. Na grande parte das vezes, os professores atendem em sua própria casa em seu escritório ou se dirigem até a casa dos alunos, o que no caso seria necessário um capital para investir na gasolina (ou acrescentar no preço da aula).

Mas, caso você vá trabalhar em casa, ainda assim é necessário alguns investimentos para melhorar a qualidade das aulas. Um quadro-negro com giz ou os mais novos, de caneta, podem ser bem aproveitados durante as aulas. Caso você vá formar turmas de aulas, também será necessário algumas mesas e cadeiras confortáveis para que os alunos se acomodem.

Aulas dinâmicas e tecnologia também são diferenciais que podem destacar as suas aulas particulares da concorrência, já que a mesma é bem grande dependendo a matéria, principalmente nas aulas de línguas estrangeiras. Portanto, investir em uma pequena biblioteca para disponibilizá-las aos seus alunos com resumos e livros sobre a matéria, também pode valer a pena. Notebooks para aulas mais dinâmicas e interativas, também são diferenciais que até mesmo os pais reparam.

Estas ideias não precisam ser colocadas em prática logo no início caso você não tenha um orçamento disponível. Comece dando aulas particulares na sua casa de forma mais simples e, a partir do momento que começar a ter bons lucros, reinvista-os em tecnologias para o seu negócio.

Quais são os serviços oferecidos aos clientes nas aulas particulares?

Os conteúdos explanados com cada aluno variam de acordo com a dificuldade que ele está encontrando em determinada matéria. Porém, caso as aulas particulares procuradas sejam de língua estrangeira, quem montará um plano de ensino será o próprio professor.

Se você tem um tempo mais flexível para trabalhar com isso, uma ideia é você fazer três turmas por dia, uma de manhã, outra a tarde e, por fim, a noite. Neste caso, ele será apenas quando você consegue juntar um número de alunos para começar a explicação da matéria. Entre uma turma e outra, você ainda pode tentar encaixar alunos que possuem dificuldades independentes.

Qual valor posso cobrar pelas minhas aulas particulares?

Caso o seu serviço oferecido seja simples, ou seja, em casa ou na casa do aluno sem investimento em tecnologia, então o valor deve estar na média dos outros valores cobrados no mercado. Agora, caso você ofereça aulas dinâmicas, usando tecnologias como computadores e disponibilize uma biblioteca para seus alunos, ou seja, iniciando uma pequena escola, isto é motivo para você aumentar a mensalidade paga pelos alunos ou pais.

No entanto, é fundamental que o preço seja atrativo, que você ofereça descontos e que não “explore” ninguém. Aliás, o que importa para quem quer assistir uma aula particular é entender a dificuldade que tinha da matéria e não apenas aproveitar o ambiente.

Como dar aulas particulares

O relacionamento com o cliente é o primeiro passo para o sucesso!

Lembre-se que o seu cliente, neste caso, não são apenas os alunos e, sim, também os pais deles. Portanto, é muito importante que você, como professor, mantenha uma boa relação com eles e sempre informe o desenvolvimento da criança ou adolescente nas aulas. Em relação direta aos alunos, procure aproveitar as redes sociais para maior interação e, caso você tenha uma turma de alunos, crie um espaço (grupo) para eles se interagirem com você, tirarem dúvidas, etc.

Como posso divulgar as minhas aulas particulares?

Além do marketing boca a boca (um aluno conta para o amigo, a mãe conta pra vizinha, etc.), também é essencial que você invista em outros meios de divulgação para atrair clientes interessados nas suas aulas particulares.  Algumas placas ou panfletos distribuídos ou localizados próximo à escolas ou cursos, por exemplo, é uma ótima tática para atingir o seu público-alvo.

Outra dica que pode ser extremamente interessante para a divulgação, é o uso das redes sociais para o marketing das suas aulas particulares. Sabe o Facebook? Isso mesmo, aquele que todo mundo conhece! Ele pode te ajudar a divulgar as suas aulas particulares caso você crie uma página, um grupo ou faça campanhas publicitárias segmentando o seu público-alvo e pagando bem pouco. Ajuda e muito, não é mesmo?

Agora que você já sabe como dar aulas particulares, que tal começar a elaborar o seu plano de negócios? Não é porque você começará um negócio a partir de casa que ele não precisa de planejamento. Seguindo todas as dicas deste post, tenho certeza que as suas aulas irão bombar e você conquistará muitos clientes!

Gostou desta matéria? Então não deixe de curtir a nossa página no Facebook ou seguir diariamente o nosso blog para ficar sempre por dentro das novidades que postamos aqui sobre dicas de negócios e as novidades do universo do empreendedorismo. Bons negócios!

One Response

Leave a Reply