Como abrir uma agência de conteúdo

A internet, nos últimos anos, vem se tornando a principal fonte de venda de produtos, serviços e informação. Os novos empreendimentos, para obter sucesso, logo garantem um espaço na web para divulgar os seus serviços e alcançar um maior número de clientes, seja para a sua loja física ou virtual. Os empreendedores digitais, por sua vez, estão investindo cada vez mais em tráfego orgânico e, por isso, necessitam da produção de um conteúdo de qualidade para realizar a sua estratégia.

Como abrir uma agência de conteúdo

Independentemente de qual for o objetivo do CTA – “call to action” -, que nada mais é do que uma chamada para ação que promove um maior engajamento dos visitantes com o site, o conteúdo é fundamental e pode trazer muitos lucros posteriormente, tanto para o empreendimento quanto para quem escreve. Pensando nisso, que tal investir em um setor que está em grande crescimento atualmente e que a tendência é só aumentar? Confira abaixo detalhes sobre como abrir uma agência de conteúdo!

Serviços de uma agência de conteúdo e análise de mercado

Os serviços oferecidos por uma agência de conteúdo podem ser diversos. Desde conteúdos voltados puramente para fins jornalísticos, corporativos, e até para blogs e sites em geral. Antes do conteúdo em si, da informação ou da estratégia, é muito importante que a agência se atente na entrega de conteúdos de qualidade, ou seja, os textos precisam ser muito bem feitos, revisados, e produzidos de acordo com o script que o cliente passar.

Em relação aos tipos de conteúdo propriamente ditos, temos uma enorme variedade: produção de post’s para sites e blogs; produção de conteúdo voltado para empreendimentos; trabalho freelancer no geral; reportagens e matérias para jornais, imprensa; produção de e-books e livros; revisão de textos; tradução; ghost writing; atualização e alimentação de redes sociais de empresas; web designer; entre outros.

É importante ressaltar que todos esses conteúdos exigem profissionais qualificados ou que, no mínimo, dominem a língua portuguesa e saibam produzir conteúdo otimizado com as técnicas de SEO para que, desse modo, os textos, artigos, post’s ou o que seja, sejam encontrados com mais facilidade nas ferramentas de busca, como o Google.

Os clientes de uma agência de conteúdo podem ser variados. Desde empresas que necessitam divulgar os seus serviços através de um site ou blog, até a produção de conteúdo ghost writing para a comercialização. O indispensável em uma agência desse setor é possuir profissionais qualificados para atender a essas demandas, entregar nos prazos estipulados e produzir conteúdo de qualidade.

Como funciona a agência de conteúdo e quantidade de profissionais iniciais

A produção de uma agência de conteúdo é simples: você precisa de profissionais voltados para a criação de determinado conteúdo, separados por serviços. Um exemplo é o profissional voltado para a criação de matérias para a imprensa, ele precisa ser formado em jornalismo, já que saberá apurar os fatos e irá produzir o texto de acordo com as exigências do cliente. Outro exemplo é a tradução. O profissional, nesse caso, precisa saber tal língua fluentemente para fazer um serviço de qualidade. Isso se aplica ao restante dos serviços.

O ideal é que a agência de conteúdo dê preferência na contratação de profissionais que saibam de “tudo um pouco”. Uma pessoa que tenha o nível intermediário em inglês, que seja formado em jornalismo ou letras, e que domine ou tenha um entendimento intermediário nas técnicas de SEO é imprescindível. Uma equipe inicial com três ou quatro profissionais já é o bastante para atender uma boa demanda no mês, porém, é claro que esse número deverá aumentar de acordo com os pedidos.

No entanto, não se esqueça de um ponto: embora seja um trabalho que possa ser feito por apenas um profissional, ele depende inteiramente de produtividade. Portanto, não entregue um “caminhão” de projetos para o seu funcionário no mesmo dia, já que por ser um trabalho que exige concentração, tempo e planejamento, não deve ser feito em poucos minutos. Então, se a demanda aumentou, tente aumentar a quantidade de profissionais contratados também, ou procure por redatores freelancers que trabalham remotamente.

Conheça também o Como ganhar Dinheiro com Cursos Online , vale a leitura.

Por que os clientes preferem contratar uma agência de conteúdo

Por que uma agência de conteúdo e não um profissional freelancer? Embora o serviço de um freelancer seja bem mais em conta para o cliente, há uma enorme diferença na qualidade final do conteúdo. O freelancer, por exemplo, por fazer trabalhos remotos e não ter horários fixos para se dedicar a essa profissão, acaba por não ser tão rigoroso na qualidade, tanto do conteúdo, quanto da escrita, otimização e etc…

Exatamente por este motivo que existem as agências de conteúdo, a diferenciação. Mesmo cobrando um preço mais alto, os conteúdos produzidos dentro de uma agência são feitos exclusivamente por profissionais qualificados e que se dedicam inteiramente a esse serviço. Pesquisam, fazem o planejamento, se dedicam à qualidade do conteúdo e da escrita e se preocupam em otimizar o texto para ser posicionado mais facilmente nas SERP.

Outra diferença são os prazos. Enquanto que contratando um freelancer você possui um certo receio no cumprimento do prazo, com a agência a data estipulada para a entrega é cumprida, isso porque eles trabalham com extremo profissionalismo. Mas, lembre-se que não é por esse motivo que você deve elevar absurdamente o valor dos conteúdos produzidos na sua agência, nem por outros. O cliente também busca a agência de conteúdo por ser mais acessível do que contratar uma redação apenas para isso.

Como abrir uma agência de conteúdo

Como tornar a sua agência de conteúdo reconhecida

É claro que a sua agência de conteúdo não se tornará a Rock Content da vida em apenas alguns dias. Será necessário meses e, até mesmo, anos para que o reconhecimento dos conteúdos produzidos na sua empresa aconteçam. Para conseguir a valorização do seu serviço, o primeiro passo que a sua agência e seus profissionais devem seguir é a qualidade dos conteúdos. Tudo isso mais o investimento em divulgação e marketing já basta para o sucesso da sua agência de conteúdo online.

E aí, caro leitor, tem mais alguma dúvida sobre como abrir uma agência de conteúdo online? Caso tenha ou queira dar sugestões, deixe o seu comentário logo abaixo que te responderemos. Bons negócios

Leave a Reply