Como abrir um restaurante de comida japonesa

O Brasil é um país de muitas comidas regionais deliciosas e que todo mundo adora. No entanto, não podemos nos esquecer de que, aqui, também há uma inserção cultural grandiosa, e isto também se aplica na gastronomia. Atualmente, existem centenas de restaurantes orientais espalhados por todo o território nacional e a culinária que mais se destaca, definitivamente, é a japonesa.

É claro que a comida japonesa não agrada a todos os paladares, porém, o que há no Brasil de pessoas com gostos mais arrojados, nem se compara. E é pensando exatamente nisto que a abertura de um restaurante de comida japonesa pode ser uma excelente ideia de negócio no Brasil para quem gosta de culinária oriental e tem o dom do empreendedorismo.

Como abrir um restaurante de comida japonesa

Mas, se você está aqui é por que tem dúvidas de como abrir um restaurante de comida japonesa, correto? Então, o Gera Negócios resolveu te ajudar trazendo para você este post exclusivo com dicas de pesquisa de mercado, localização, detalhes do público e tudo mais que você precisará para abrir o seu negócio de sucesso. Veja abaixo as dicas que separamos para você!

Como é o mercado de um restaurante de comida japonesa?

O mercado de um restaurante de comida japonesa é bastante quente, já que muitas pessoas brasileiras gostam de frequentar estes lugares para comerem comidas mais exóticas e, também, para ter um momento de lazer com a família, amigos ou namorado(a).

Portanto, não é só servir comida japonesa que você conquistará clientes para dentro do seu restaurante. É fundamental que você também pense na escolha de um ambiente agradável, com amplo espaço e característico, que lembre a origem, neste caso, o Japão.

Fazer uma minuciosa pesquisa de mercado, envolvendo os pontos principais que devem ser analisados antes de abrir um restaurante de comida japonesa também é muito importante. Tenha certeza de que, na sua região, há público para frequentar constantemente o seu estabelecimento.

Qual o público-alvo de um restaurante de comida japonesa?

O público-alvo de um restaurante de comida japonesa é bastante amplo, limitando-se apenas a quem gosta deste tipo de culinária, obviamente. Mas, é claro que as famílias e pessoas com poderes aquisitivos maiores irão visitar com mais frequência estes tipos de lugares, uma vez que esta culinária, geralmente, é um pouco mais cara.

Para ter certeza de que você está abrindo um restaurante de comida japonesa em um local certo, ou seja, que tenha público-alvo, aconselho que você faça o seguinte teste, na verdade, uma pesquisa.

Monte uma urna e saia para as ruas próximas da onde você abrirá o seu restaurante de comida japonesa. Elabore um questionário com as seguintes perguntas.

  • Você frequentaria o restaurante: sempre, às vezes, raramente ou nunca?
  • Você gostaria de um restaurante de comida japonesa?
  • Entre outras.

Apenas não exagere na quantidade de perguntas, pois as pessoas geralmente estão com pressa. Outra dica é manter o voto secreto, para que os entrevistados não tenham vergonha de dar a sua sincera opinião. Se você quiser, também leve alguns sushis prontos para essa entrevista e deixe os entrevistados provarem e você observar a reação deles. Sem cobrar nada, é claro.

Depois de feito isso, o próximo passo é estudar a fundo o seu público-alvo, ou seja, os interesses que eles possuem, os locais que frequentam, a renda média, entre outros detalhes. Tudo isso te ajuda, quando for abrir o seu restaurante de comida japonesa, a encontrar e trabalhar em cima do seu público-alvo.

Conheça também: A Pizzaria que inovou e faz sucesso pelo Mundo 

Existe melhor localização para abrir o meu restaurante de comida japonesa?

Fez a pesquisa que sugerimos no tópico anterior e não teve boas respostas, ou seja, a grande parte das pessoas que frequentam aquele local não iriam até um restaurante de comida japonesa? Então é hora de mudar o foco daquela localização e encontrar um melhor local para instalar o seu estabelecimento.

A localização de um comércio, independentemente de qual nicho for, é um dos pontos principais que devem ser analisados, uma vez que quem passa por ali, geralmente será o público que visitará o local. Além disso, abrir um restaurante é sinônimo de grande investimento e você não quer perder dinheiro tendo que trocar de endereço porque o anterior não deu certo, não é?

Os melhores locais para abrir um restaurante de comida japonesa são em grandes centros comerciais que possuem grande movimentação de pessoas durante o dia todo, inclusive a noite. Ruas movimentadas ou bairros residenciais de luxo também podem ser outra opção de local para instalar o seu empreendimento.

O shopping também é uma boa opção para abrir um restaurante de comida japonesa, mas você precisa levar em consideração que este já é um investimento extremamente alto e, abrir em um shopping, o orçamento ficará maior ainda.

E a concorrência de um restaurante de comida japonesa? Há como destacar-se em meio a ela?

Quando você encontrar o melhor local para abrir o seu restaurante de comida japonesa, então quer dizer que lá você encontrou o seu público-alvo que deseja atingir. Até aí tudo bem, esta é uma excelente notícia! No entanto, agora é a hora de pensarmos no ponto negativo de um bom local: a concorrência.

Os restaurantes com outros cardápios que não seja comida oriental não precisa te preocupar, afinal, quem sai de casa para comer, na grande parte das vezes já sabe o que quer. No caso da localização que você escolheu possuir outros restaurantes de comida japonesa, aí a atenção precisa ser maior, já que estes são seus potenciais concorrentes.

O primeiro quesito que você deve ter em mente para destacar-se em meio a outros restaurantes japoneses é NÃO brigar por preço baixo, e sim, por qualidade e sabor. Além disso, busque pesquisar qual o cardápio oferecido naqueles restaurantes próximos ao seu, as formas de pagamento, a qualidade, o ambiente, o atendimento, os pontos fortes e fracos e entre outros. A partir disso, você consegue setar um caminho diferente para o seu restaurante de comida japonesa, para que consiga conquistar cada vez mais clientes que buscam por novidades.

Qual deve ser a estrutura de um restaurante de comida japonesa?

Investindo em uma boa estrutura física do seu restaurante de comida japonesa, você conseguirá nada mais e nada menos do que a satisfação dos seus futuros clientes, o que pode chamar ainda outros, pelo marketing de boca a boca.

Um restaurante oriental, neste caso, que serve comida japonesa deve ter uma estrutura típica da origem da culinária, com cozinhas bem equipadas, um local para a recepção dos clientes e o espaço para mesas e cadeiras. Alguns restaurantes de comida japonesa investem ainda em outro diferencial: as salas privativas. Estas, embora sejam mais caras, traz ainda mais as tradições do Japão, com mesas próximas ao chão e privacidade para as famílias.

Não importa como será a estrutura do seu restaurante, a única regra geral é que ele seja um ambiente agradável, que lembre as origens do cardápio servido, que tenha qualidade e, principalmente, higiene.

E os fornecedores para o meu restaurante de comida japonesa?

Quando você for escolher quais serão os fornecedores para o seu restaurante de comida japonesa, é importante que você se atente para a qualidade dos alimentos vendidos. Além de fresquinhos, eles devem estar em excelentes condições de higiene, então preste bastante atenção.

Quantos funcionários devo contratar inicialmente?

Inicialmente, o ideal é que você tenha um funcionário para o caixa e recepção (ou um para cada caso o porte do seu estabelecimento seja grande), uma equipe de cozinha contando com pelo menos 3 pessoas experientes com culinária japonesa e uma equipe de garçons, variando entre dois a quatro.

Sempre que você for contratar um novo funcionário para o seu restaurante de comida japonesa é importante que tenha em vista a experiência dela com a área, assim como observe se ele é simpático para saber se haverá um bom atendimento ao cliente. Além disso, sempre procure por pessoas esforçadas, com vontade de aprender e que tenham boas práticas de higiene, requisito essencial para um restaurante.

Como deve ser o cardápio de um restaurante de comida japonesa?

A comida japonesa é muito variada e, por isso, você pode ter uma infinidade de opções para oferecer no cardápio do seu restaurante em base de peixes, frutos do mar, sushis, bolinhos e entre outros. Mas, é importante que você, primeiramente, faça uma pesquisa para saber quais os pratos que possuem maior aceitação pelos clientes (pode ser depois de aberto ou em outro estabelecimento fora do alcance de concorrência). Assim, você consegue se empenhar mais nestes e oferecer o melhor.

mini_como-abrir-um-restaurante-japonês

Como deixar meu restaurante de comida japonesa mais automatizado?

O que tudo mundo quer nos dias de hoje é economizar tempo e, isto, também é possível dentro dos restaurantes. Existem diversos softwares hoje em dia que possibilitam a reserva de mesas online, ajudam na contabilidade, finanças, controle de estoque e muito mais. Isso tudo pode te ajudar muito no dia a dia do seu restaurante.

É preciso investir em marketing inicialmente?

SIM, e como precisa! O marketing é um dos passos principais para atrair clientela para dentro do seu restaurante e, inicialmente, isto é ainda mais importante. Já comece a investir na divulgação do seu negócio antes mesmo de abri-lo, chamando o seu público-alvo para o dia da inauguração, fazendo sempre merchan chamativos, com promoções, etc.

Como começar o planejamento do meu restaurante de comida japonesa?

Um planejamento minucioso de uma ideia de negócio pode poupar o empreendedor de muita perda de tempo e dinheiro. Por isso, desenvolver um plano de negócios é extremamente importante antes de qualquer atitude que você terá acerca da sua ideia. Caso você não saiba elaborar um modelo de empreendimento, recomendo que você pare para ler o post que ensinamos o passo a passo de como fazer um plano de negócios perfeito. Vai te ajudar muito!

Gostou da nossa matéria? Então deixe o seu comentário logo abaixo e, caso tenha mais alguma sugestão que queira compartilhar conosco e com outros leitores, deixe-a também no campo de comentários. Não se esqueça de nos seguir nas redes socais. Bons negócios!

Leave a Reply