Como montar uma gráfica

Buscar por oportunidades de negócios para empreender em tempos de crise no Brasil é, no mínimo, uma excelente responsabilidade financeira. Seja por falta de emprego ou visão empreendedora que aflorou, a atividade empresarial é sim um bom ramo para se seguir e alcançar os crescimentos desejados pelo empreendedor, diferente do que uma vaga no mercado de trabalho não proporcionaria.

Como montar uma gráfica

No caso das gráficas, elas também possuem os seus riscos empresariais, principalmente por conta dos altos custos necessários para o investimento inicial, mas, por outro lado, quando o empreendedor faz um planejamento minucioso e, a partir daí, tem tudo sob controle, estabelecendo-se no mercado ele já estará caminhando rumo ao sucesso.

Se você está aqui, então provavelmente você possui dúvidas de como montar uma gráfica. E para te ajudar, resolvemos elaborar este artigo para tirar as principais dúvidas de quem acabou de chegar neste mercado e não tem experiência no empreendedorismo. Confira abaixo!

Comece selecionando os serviços e produtos da sua gráfica

As gráficas possuem a oportunidade de oferecer um leque de serviços para seus clientes, porém, talvez não seja a melhor opção começar oferecendo tudo, pois caso o seu orçamento esteja apertado, fica difícil atender com qualidade todos os campos. Vale lembrar que a qualidade dos produtos, o cumprimento com os prazos de entrega pré-estabelecidos e, principalmente, o preço dos seus produtos, são pontos determinantes durante a decisão de compra dos clientes, portanto, é importante pensar muito bem nisso.

Como já falamos, há uma grande diversidade de serviços que podem ser oferecidos pela sua gráfica, desde a confecção de cardápios para restaurantes e lanchonetes, convites de casamento, cartões de visita, até livros e revistas. Vai de cada empreendedor selecionar os setores que irá focar.

Leve em consideração os seguintes fatores ao montar uma gráfica:

  • Você possui mão de obra qualificada ou, ao menos, está disposto a investir em um treinamento para seus futuros funcionários?
  • Você tem planejado os preços, os prazos e a qualidade que oferecerá aos seus clientes?
  • Você se vê trabalhando em uma gráfica?

Estes são as dificuldades mais comuns não só para quem deseja abrir uma gráfica, como também para qualquer outro empreendimento. Sempre que possível, leve em consideração questões de como montar uma empresa. Além disso, desenvolver um bom plano de negócios também pode te ajudar a se livrar de futuros imprevistos, veja aqui como montar um plano de negócios.

Análise de mercado ao montar uma gráfica

Um dos pontos principais quando o assunto é como montar uma gráfica é pensar nos quesitos relacionados a clientes, perfil do empreendedor, localização da empresa, concorrência e entre outros fatores. A análise de mercado é o momento mais importante no planejamento do negócio, então não deixe faltar. Abrindo um parênteses no quesito concorrência, analise ela bem a fundo na sua cidade, pesquisando quais são os principais produtos oferecidos por elas, os preços e os seus pontos fortes e fracos.

Uma dica para te ajudar nesta questão, é procurar no Google Mapas o CEP da sua cidade e, em seguida, sinalizar no mapa os seus concorrentes.

Conheça também o Como Montar uma  Produtora de Eventos, vale a leitura.

Perfil do cliente

Encontrar o perfil dos seus clientes é muito importante para segmentar os seus produtos oferecidos e, principalmente, quando você for anunciar pela internet e precisar do seu público alvo para setar quem verá a sua propaganda. O perfil de uma gráfica geralmente é bem diversificado: pessoas físicas de ambos os sexos, independente da faixa etária, independente da classe social, empresas de diversos setores e etc.

Análise financeira ao montar uma gráfica

O que dependerá para o planejamento financeiro será principalmente a estrutura física do seu negócio, as máquinas que serão necessárias e dos documentos necessários para dar andamento nas condições de abertura do seu empreendimento. Para evitar futuros imprevistos, determine o orçamento que você disponibilizará para dar vida ao seu negócio e, a partir dele, pesquise os preços do que você precisará no mercado e faça um planejamento.

Como montar uma gráfica

Análise operacional

Para melhorar a produtividade e reduzir os custos desnecessários da sua gráfica, é fundamental que você faça uma análise operacional da sua empresa, começando por quesitos como, por exemplo, como a gráfica funcionará, qual será a rotina de trabalho, horários de trabalho, fluxogramas, layout e, principalmente, estabelecer o que cada um fará dentro da empresa.

Equipamentos necessários para montar uma gráfica

O maior gasto que você terá na sua empresa, será na compra dos equipamentos, portanto, é imprescindível que você faça um orçamento antes de sair comprando cada coisa. Pesquisar os preços também ajuda a economizar. Abaixo listamos para você os principais equipamentos que você precisará comprar inicialmente:

  • Impressora tipográfica
  • Gravadora de chapas
  • Impressora offset
  • Dobradeira
  • Refiladora
  • Guilhotina automática ou semiautomática
  • Grampeador
  • Serrilhadeira
  • Picotadeira
  • Scanner de mesa
  • Sistema de numeração
  • Computador
  • Impressora a laser
  • Gráfica rápida

Abrir este tipo de empreendimento necessitará de muito preparo seu, porém, com um bom planejamento, você, com certeza, conseguirá estabelecer a sua gráfica no mercado. Gostou das nossas dicas? Tem mais alguma dúvida sobre como montar uma gráfica? Fique à vontade para deixar o seu comentário abaixo e não se esqueça de curtir a nossa página no Facebook para sempre ficar por dentro das novidades que postamos aqui no blog. Bons negócios!

One Response

Leave a Reply