Como montar um salão de cabeleireira

Se você está pensando em montar um salão de cabeleireira, então você está no caminho certo, tendo em vista que o mercado da beleza está crescendo drasticamente nos últimos anos. Diversas pessoas estão investindo nesse setor, uma vez que a demanda está alta e há uma grande lucratividade. O problema é que quem nunca iniciou o seu próprio negócio dificilmente sabe por onde começar, o que fazer, ou seja, não tem nem ideia de como montar o seu espaço. E foi por essas e outras que hoje resolvi fazer esse artigo para dar algumas dicas de Como montar um salão de cabeleireira, que com certeza irá te ajudar a tirar as suas dúvidas.

como montar um salao cabeleireira

Confira.

Defina um plano de negócios

Apesar de muitos acharem desnecessário definir um plano de negócios, tenha em mente que o maior erro dos novos empreendedores que vão à falência é a ausência de um. Deixar de lado pequenos detalhes que são analisados durante o planejamento é deixar de lado o sucesso do seu salão de cabeleireira. Por conta disso, é extremamente importante que você comece colocando no papel tudo aquilo que deve ser revisto, organizado, ou seja, as suas estratégias para bons resultados.

Comece conhecendo o mercado em que irá atuar, analise a concorrência, calcule o investimento, arranje o melhor espaço, invista em marketing e divulgação e etc. Um plano de negócios pensado com calma é essencial para o futuro do seu salão, lembre-se disso!

Investimento Inicial

O investimento inicial, sem sombras de dúvidas é aquele que mais pesa no bolso dos novos empreendedores. Por isso, calculá-lo à risca durante o planejamento é extremamente importante, para que desse modo seja evitado futuros imprevistos.

Para começar um salão de cabeleireira relativamente grande, com todos os equipamentos necessários, você provavelmente terá que desembolsar aproximadamente cerca de R$ 30 mil à R$ 40 mil reais.

salao cabeleireiro

Equipamentos Necessários

Os equipamentos necessários para montar um salão não poucos, porém, isso irá depender diretamente da quantidade de serviços que você disponibilizará no seu espaço. Se forem apenas cortes e colorações, então serão menos. Já se você ousar e quiser um salão de cabeleireira com mais serviços então você precisará de mais cadeiras, mais materiais e por aí vai…

Para você já ter uma base do que precisará comprar segue alguns equipamentos: Cadeiras e bancadas com espelhos; lavatórios; secadores; chapinhas; modeladores; tesouras; pentes e escovas; sofás e puffs.

Funcionários ou Alugar cadeiras?

Essa escolha depende de cada empreendedor. Particularmente, aconselho que você tenha funcionários ao invés de alugar cadeiras, uma vez que só dessa forma você terá total controle de bom atendimento. Além disso, você poderá exigir qualidade por parte do trabalho do seu empregado e garantir a satisfação das suas clientes. Já se você alugar cadeiras, apesar dos gastos com benefícios serem quase nada, o profissional será autônomo e você não poderá opinar no trabalho dele, ou seja, se o corte não ficou bom, a progressiva não chegou no resultado, a coloração ficou feia, não agradou as clientes, você não poderá falar nada e pode acontecer do seu lugar ficar “mau na fita”.

Marketing e Divulgação

Se eu pedisse para você pensar na melhor forma de divulgar o seu salão, tenho certeza que a resposta seria o Facebook, não é? E é isso mesmo. As redes sociais nos dias de hoje são as melhores ferramentas para que os empreendedores divulguem o seu próprio negócio. Por isso, não hesite em usar e abusar delas a seu favor. Poste fotos do seu trabalho, crie uma página, convide amigos para curtir e etc.

Legalidade

Não adianta ter um negócio já montado e pronto para abrir as portas se ele não está legalizado. Por isso, antes de qualquer coisa, aconselho que você contrate um contador ou um técnico em contabilidade para ajuda-lo nesses quesitos. Fazer um contrato social, registrá-lo, INSS e etc, são apenas alguns dos custos legais que você terá.

Leave a Reply