Como Montar um Brechó

Antigamente, o brechó era considerado como um local que vendia apenas “coisas velhas”. Porém, com a nova onda de customização e reciclagem de roupas cada vez mais o número de consumidores dessa tendência está aumentando. Assim sendo, que tal montar o seu próprio brechó e ganhar uma boa renda no final do mês, e o melhor, sem precisar investir um grande capital? Se a resposta for sim, continue lendo esse artigo para obter mais informações como análise de mercado, orçamento, localização, estrutura e muito mais!

Como Montar um Brechó

Investimento Inicial Para Abrir um Brechó – Estoque e Aluguel

Todo empreendimento, pequeno ou grande, precisa de seu produto para oferecer, porém, em alguns casos uns são mais caros e outros mais baratos. A verdade é que um bom estoque para começar o seu negócio é indispensável, e por isso, precisa ser analisado com muita atenção. Mas, se você não tiver muito dinheiro para investir inicialmente, nós trouxemos para você uma dica um pouco diferente, mas que pode dar super certo.

Para começar o seu negócio, você pode começar a trabalhar com o serviço de consignação. Se você não sabe o que é, a consignação é quando um fornecedor disponibiliza para você uma quantidade de produtos, e ambos recebem um percentual pela venda dos mesmos. Ou seja, você não terá nenhum investimento inicial com estoque, e só receberá e pagará pelo que vender. Nesse segmento, brechó, o valor do percentual para o empreendedor é de cerca de 30%. Lembrando que isso é uma estratégia interessante apenas no começo da sua loja, depois o ideal é que você comece a comprar as roupas usadas para revender.

Outro ponto que deve entrar no orçamento da abertura do seu brechó é o ponto no qual ele será montado. Alugar um espaço em uma boa localização (falaremos sobre isso mais abaixo) é o primeiro passo para o sucesso da sua loja. Além disso, não é necessário que o local seja grande, porém, que seja o suficiente para abrigar todas as roupas e móveis sem parecer muito poluído ou apertado. Outra opção de local para abrir a sua loja, é a sua própria casa. Se ela estiver bem localizada, e você tiver um espaço de sobra como a garagem, abrir o seu brechó ali pode evitar gastos com o aluguel de um estabelecimento, pelo menos no começo. Portanto, vale a pena analisar com atenção se é viável ou não.

Análise de Mercado, Conceitos e Consumidores

Como já foi dito no início desse artigo, citei que o brechó era considerado como um local que só vendia “coisas velhas”. Mas, a boa notícia é que esse pensamento já é passado. Hoje, as pessoas, principalmente as mulheres gostam de pensar na sustentabilidade e reciclar roupas, sapatos e acessórios usados. Com algumas técnicas e customizações, qualquer roupa pode ser reciclada e ficar com aparência de nova.

Diversas celebridades, por exemplo, fazem isso e publicam em suas redes sociais. Essa atitude, além de ser um grande incentivo para a mulherada começar a praticar, ainda é ótima para quem deseja abrir um brechó e ganhar dinheiro com isso.

Resumindo, o mercado para esse setor está sim em alta e vale muito a pena investir. É claro que não adianta simplesmente abrir um negócio desse tipo em um local qualquer, sem qualquer estrutura e com peças danificadas. Ter seriedade no seu negócio, fazer um planejamento, montar um espaço legal e agradável, e principalmente, oferecer roupas, sapatos e acessórios de qualidade e em bom estado, é primordial.

Conheça também o Como Montar uma Esmalteria, vale a leitura.

Localização do Brechó

Como já foi dito anteriormente, encontrar um ponto bem localizado para abrir o seu brechó é o primeiro passo para o sucesso do seu negócio. E, sabe o porquê? Em um centro bem movimentado, e principalmente, que tenha o seu público-alvo por perto irá atrair muito mais clientela e você terá um giro no caixa muito maior. Não adianta você abrir um brechó em um bairro que há pouco movimento. O desastre será certo, você não irá vender.

Além disso, opte por locais aonde há acesso a transportes públicos, assim como estacionamento para os seus clientes. Se você pensar em todos esses quesitos com calma, pode ter certeza que será recompensa na certa.

Estrutura e Aparência da Loja Brechó

Se você está pensando que abrir um brechó é pegar um monte de roupa e sapato usado, empilhar ou pendurar na loja, em um espaço apertado, e poluído, esqueça, esse negócio não é para você. Agora, se você sabe o conceito principal de um brechó que é promover a sustentabilidade, a reciclagem de roupas e oferecer produtos de qualidade usados por um preço baixo, então agora sim esse negócio é para você.

Pensar na estrutura, e principalmente, na aparência do seu brechó é indispensável, já que esses locais estão ficando cada vez mais conhecidos por sua sofisticação e bom-gosto. Sim, definitivamente esse não é um local que vende coisas velhas.

Ao pensar na estrutura da sua loja, tenha em mente a organização das peças. Separe as roupas por seções, os sapatos por modelo e número, e os acessórios por tipo. Não deixe nada empilhado ou amontoado, a aparência clean deve permanecer.

Além disso, dê uma atenção especial às peças, já que a venda das mesmas começa desde a compra. Evite as peças que estão danificadas, com mau cheiro, e que já estão fora de moda. Assim, você irá garantir para o seu cliente uma boa experiência de visita ao seu estabelecimento e estará ganhando cada vez mais clientela.

Opção de Abertura de Uma Loja Virtual

Com o avanço da internet, hoje em dia, está muito mais fácil se destacar também no mercado online. O e-commerce está crescendo cada vez mais nos últimos anos, principalmente quando o setor é moda. Por isso, se você deseja aumentar ainda mais as suas vendas, montar um site de vendas das suas peças pode ser uma estratégia válida e perfeita.

Como Montar um Brechó

Marketing e Divulgação do Seu Brechó

Como qualquer outro negócio, a divulgação e o marketing é tudo. Investir em panfletos e cartazes pode ser uma excelente opção de início. Além disso, as redes sociais também podem te ajudar e muito a divulgar o seu negócio. Crie uma página no Facebook, convide pessoas para curtir, mantenha ela atualizada, poste fotos de novidades, promoções, preços, a diversidade das peças do seu brechó, e principalmente, por que se tornar uma adepta dessa tendência.

Defina um Plano de Negócios Completo

Não é porque o brechó é um local que vende peças usadas que ele não deve ter todo um planejamento por trás da abertura, cuidado, é exatamente nesses casos em que se deve ter. Definir um plano de negócios completo, colocando todas as informações necessárias para a abertura do seu espaço, além de te ajudar a analisar se a ideia é promissora, ainda servirá para você definir metas, expectativas e objetivos da sua loja. Se você não tem nem ideia de como desenvolver um, recomendo que você leia o nosso artigo sobre como fazer um plano de negócios, pois ele poderá te ajudar.

Se você tem mais alguma dúvida sobre como montar um brechó ou alguma outra sugestão, não hesite em deixar o seu comentário no campo abaixo. Boa sorte e bons negócios!

Leave a Reply