8 formas de dar aulas a partir da Internet

A tecnologia chegou para ficar, e infelizmente muitas escolas e professores estão ficando para trás, pois a internet parece um meio muito mais interessante de aprender algo do que aquelas aulas do tipo palestra e com quadro negro, além de exercícios para resolver no caderno de papel.

8 formas de dar aulas a partir da Internet

Porém muitos professores e escolas em todo o mundo e também no Brasil estão começando a utilizar a internet, bem como redes sociais e os diversos aplicativos para trazer modernidade e interatividade para as aulas, atraindo os alunos e aumentando a qualidade do ensino. Aqui te traremos as 8 principais ferramentas educacionais online.

Quer aprender usar o seu  Skype  para dar aulas? Conheça como dar  Aulas de Inglês via Skype 

1. Overnote

O Overnote nada mais é do que um aplicativo que permite aos professores fazerem anotações digitais. O Overnote pode ser usado em reuniões com outros professores, nas aulas e em casa, ajudando na preparação das aulas. Através do Overnote todas as anotações ficam salvas na nuvem, de maneira segura, podendo ser acessadas por qualquer dispositivo. É possível até adicionar vídeos, conteúdos da web e fotos as suas anotações. Por fim o Overnote possibilita o compartilhamento desses dados com pessoas em qualquer lugar do mundo.

2. Gononqr

O Gononqr permite aos professores fazerem aulas tecnológicas, diferentes e interativas. Essa incrível ferramenta tem recursos para a fabricação de conteúdos bem mais interessantes para os alunos, como quizzes, slides e flashcards. O Goconqr tem ainda um acervo virtual com mais de 3 milhões de recursos de aprendizagem disponíveis para quem é cadastrado. É possível ainda acompanhar o desempenho dos alunos através de análises de resultados da ferramenta.

3. Planboard

O Planboard é uma ferramenta de organização de aulas e ideias. O Planboard oferece um calendário interativo feito para professores. Com esse calendário é possível estabelecer quais os temas a serem apresentados nas aulas e qual será o momento certo de apresentá-los, ter visualmente os projetos de diversas turmas e compartilhar com colegas todas essas informações. Porém o professor deve ser fluente em inglês para usar esta ferramenta já que ela está nesse idioma. Outra coisa incrível é que com toda essa informação será possível até replicar o seu calendário de aulas em anos posteriores.

4. Educreations interative whiteboard

Um quadro branco educacional e criativo, como pode ser dito em português, é uma ferramenta que transforma um simples iPad em uma lousa digital. A grande diferença entre esta ferramenta e outras similares é que ela é capaz de gravar todas as suas anotações, permitindo assim explicar algum conteúdo para um aluno, e reutilizar a mesma explicação com outros alunos, poupando tempo. Essa ferramenta pode ser baixada gratuitamente no iTunes.

5. Prova fácil

A correção de provas consome muito tempo dos professores, impedindo um trabalho mais dinâmico e ágil. O prova fácil permite uma correção automática em testes objetivos, além de oferecer relatórios a respeito do desempenho dos alunos.

6. Coggle

O Coggle é uma ferramenta intuitiva e inovadora que é capaz de compartilhar gráficos, fluxogramas e diagramas, sendo uma ótima ferramenta para aulas de história, por exemplo, podendo mostrar a sequência de fatos de um período, por exemplo. O Coggle também permite a construção de árvores filo genética nas aulas de biologia, ou derivações de palavras, no português. Com uma esquematização clara e simples, os alunos poderão entender conteúdos antes complicados de forma simples.

7. Sílabe

O Sílabe consiste em uma plataforma de relacionamento de professores com os seus alunos, trazendo para o professor a possibilidade de apresentar os conteúdos de forma interessante e interativa para os estudantes. Com o Silabe também é possível gerenciar turmas, distribuir tarefas, enviar retornos para os alunos, assim como avaliar a evolução dos estudantes, sem a necessidade de um monte de papeis. Essa ferramenta foi desenvolvida com a participação de professores para facilitar o relacionamento com os estudantes, dinamizar a correção de atividades e garantir o acompanhamento do progresso dos alunos.

8. Plagiarisma

Para encontrar um texto que destrincha um assunto só é preciso abrir o Google ou outro navegador e buscar pelo nome, e isso é uma incrível tentação para os alunos, que muitas vezes enganam os professores com plágios. O plagiarisma é uma forma de os professores descobrirem se os trabalhos dos alunos são realmente originais, bastando apenas digitar o trecho do trabalho e a ferramenta atestará a sua legitimidade ou não.

One Response

Leave a Reply